Cree en grande.
CONMEBOL

Peñarol se consolida no topo do seu grupo, River pega Huancayo de surpresa

Peñarol se consolida no topo do seu grupo, River pega Huancayo de surpresa

Corinthians sofreu pelo afiado ataque do Peñarol, que se consolidou no topo do seu grupo, no encerramento da segunda jornada da fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana onde o Grêmio nocauteou o Lanus e os guaranis Libertad e River Plate celebraram.

No duelo de campeões da Libertadores, Peñarol confirmou seu grande momento com um claro 2-0 sobre o Corinthians. David Terans sentenciou o duelo anotando o gol definitivo aos 57 minutos e habilitou Giovanni González, autor da abertura do placar aos 13 minutos.

Os 'charruas' lideram o Grupo E com seis unidades.

-Números do jogo-

  • Peñarol venceu o primeiro duelo contra o Corinthians na CONMEBOL Sudamericana. O histórico entre ambos os times em competições CONMEBOL agora está empatado: 1 vitória para cada equipe e 1 empate.
  • Corinthians perdeu seu segundo jogo consecutivo como local na CONMEBOL Sudamericana, após perder só 2 das suas 14 apresentações em casa prévias. Também é sua segunda derrota contra um time não brasileiro: na edição 2019 perdeu do Independiente del Valle (0-2).
  • Peñarol conseguiu sua primeira vitória no Brasil na CONMEBOL Sudamericana (3D). Seu último triunfo em competições CONMEBOL nesse país tinha sido sobre o Flamengo, na Libertadores 2019 (1-0).
  • Corinthians fez 8 chutes a gol na partida contra o Peñarol e não marcou nenhum. Das equipes que não marcaram em um jogo da atual CONMEBOL Sudamericana, nenhuma fez mais chutes a gol que o Corinthians nessa noite.
  • Assim como na vitória sobre o Sport Huancayo, David Terans reapareceu no resultado com 1 gol e 1 assistência, em seu segundo jogo consecutivo. Em ambos os encontros, o Peñarol venceu.

 

-River Plate do Paraguai surpreendeu o Sport Huancayo em Lima-

O paraguaio River Plate derrotou como visitante o Sport Huancayo por 2-1 no jogo do Grupo E.

Os gols do triunfo do 'El kelito' foram anotados por Marcelo González aos 5 e 43 minutos. Huancayo descontou com gol do brasileiro Ellinton Antonio Costa aos 38'. 

-Números do jogo-

  • A vitória de 2-1 do River Plate (Assunção) significou o primeiro triunfo do time paraguaio na CONMEBOL Sudamericana contra equipes não paraguaias (1E 2D).
  • Com a derrota do Sport Huancayo, os times peruanos registram uma única vitória como locais contra clubes paraguaios nos últimos 11 encontros em competições CONMEBOL (1V 5E 5D). Os 6 duelos anteriores ao desta noite não foram exitosos para os peruanos (3D 3E).
  • Sport Huancayo nunca conseguiu derrotar times paraguaios em competições CONMEBOL (1E 2D). Além disso, só tem 1 vitória jogando como local nos últimos 7 encontros na CONMEBOL Sudamericana (1V 3E 3D).
  • Sport Huancayo dominou amplamente a posse de bola na partida (69.9% x 30.1%) e seu último terço do campo foi o que menos tempo foi disputado no jogo (19.6%). Não obstante, foi superado no placar final (1-2), finalizações totais (15-19), chutes a gol (4-7) e finalizações dentro da área (7-11).
  • M. Lliuya, do Sport Huancayo, foi o único jogador da partida em alcançar o triplo dígito quanto a passes totais (108). Com 96 desses acertados, foi o jogador líder do encontro neste setor e também o que mais passes realizou em campo contrário (85).

 

-Grêmio manda no Grupo H -

Com uma pontuação ideal, Grêmio de Porto Alegre se manteve no topo do Grupo H após marcar, nesta quinta-feira, um 2-1 sobre o Lanus, vice-campeão da edição anterior da Sudamericana.

Os gaúchos conseguiram os 3 pontos na visita ao 'Granate' com anotação de Ferreira a 4 minutos do encerramento do jogo. Léo Pereira abriu o placar para os brasileiros aos 34 minutos e Tomás Belmonte empatou temporariamente para o time local (69).

-Números do jogo-

  • Grêmio venceu os 3 jogos que disputou contra o Lanus em competições CONMEBOL. Os 2 duelos anteriores foram na final da CONMEBOL Libertadores 2017 (1-0 e 2-1).
  • Lanus perdeu sua primeira partida após 7 encontros invicto como local na CONMEBOL Sudamericana (6V 1E). Esta foi sua terceira derrota em casa em sua história no certame (16V 6E 3D).
  • Grêmio soma 4 jogos sem derrotas na Argentina em competições CONMEBOL (3V 1E). É a racha mais longa da equipe brasileira em território alviceleste contra rivais argentinos.
  • Entre os titulares do Lanus, só Pedro de la Vega acertou mais de 90% dos passes realizados (93,3%) e é o que deu mais assistências para finalização no encontro (3).
  • Ferreira, do Grêmio, teve uma dupla contribuição no placar: anotou o gol da vitória e assistiu no primeiro gol. Além disso, foi o jogador com mais finalizações (3), o que deu mais passes para disparo entre os jogadores do Grêmio (2), e acertou 85,7% das tentativas de passes.

 

-Wilstermann e Bolívar empatam 0-0 no Grupo C-

Wilsterman e Bolívar empataram 0-0 no duelo de equipes bolivianas na segunda jornada do Grupo C disputado nesta quinta-feira no estádio Félix Capriles de Cochabamba (centro).

Os celestes dominaram grande parte do encontro, porém careceram de eficácia e mesmo que Wilstermann equilibrou o jogo, tampouco foi contundente.

No início do jogo, o albanês Armando Sadiku falhou um pênalti para o Bolívar.

-Números do jogo-

  • Bolívar aumenta a 7 sua série de jogos sem derrotas contra Jorge Wilstermann em competições CONMEBOL (5V 2E): está invicto contra seu rival desta noite em torneios continentais. Além disso, manteve sua barreira invicta em 5 desses 7 encontros.
  • É o primeiro empate entre times bolivianos na CONMEBOL Sudamericana desde a edição 2006 (2-2, entre Universitario de Sucre e Bolívar).
  • É a segunda vez em 28 jogos em competições CONMEBOL (11V 11E 6D), que Wilstermann empata a zero com um rival do mesmo país. O anterior tinha sido com Blooming na Libertadores de 2009.
  • Contra o Bolívar, Wilstermann teve 8 finalizações (2 chutes a gol), porém não pôde marcar, quebrando uma racha de 7 jogos consecutivos na CONMEBOL Sudamericana onde tinha marcado pelo menos 1 gol por jogo.
  • Álex Granell foi o jogador do Bolívar mais ativo no ataque: três finalizações e dois passes para disparos dos seus companheiros. Além disso, somou 57 passes em campo contrário com uma precisão de 91.2%.

 

-La Equidad vence o venezuelano Aragua por 2-1 e entra na briga pelo Grupo H-

O colombiano La Equidad conseguiu uma importante vitória nesta quinta-feira ao derrotar o Aragua FC por 2-1 na segunda jornada do Grupo H. 

Juan Carlos Colina abriu o placar para a equipe local com um chutaço de direita (17). No segundo tempo, o meio-campista Carlos Mario Rodríguez aumentou a vantagem (54). O lateral canhoto Roger Manrique descontou para os venezuelanos desde meia distância (72) e seu companheiro Héctor Pérez foi expulso na fase final do jogo (83).

-Números do jogo-

  • La Equidad chega a 10 jogos sem empates na CONMEBOL Sudamericana (6V 4D). Além disso, aumenta a 3 sua racha invicta contra times da Venezuela (2V 1E). Sua última derrota contra representantes venezuelanos foi na edição 2012 quando perdeu do Mineros por 2-1.
  • Terceiro jogo do Aragua fora da Venezuela em competições CONMEBOL e terceiro jogo sem conseguir vencer: anteriormente registra um empate com Chivas no México na edição de 2008 (1-1) e uma derrota contra Coquimbo Unido no Chile em 2020 (3-0).
  • La Equidad venceu no placar e nos principais indicadores ofensivos do jogo: 23 x 10 em finalizações totais, 9 x 4 em chutes a gol e 13 x 9 em levantamentos à área. Além disso, a equipe colombiana cometeu 27 faltas, o número mais alto de um time em uma partida desta edição da CONMEBOL Sudamericana.
  • Em 4 jogos na CONMEBOL Sudamericana, La Equidad apresenta estatísticas diferentes acumuladas no Abertura 2021-I colombiano: maior média de posse no torneio continental (51.1% x 44.8%) e mais finalizações por jogo (14.5 a 10.6)
  • Contra Aragua, Daniel Mantilla somou sua quinta assistência em 23 jogos da temporada. É o jogador com mais assistências do 'Equipo Asegurador' nesta temporada. Além disso, contra o Aragua foi o jogador que mais chances criou no encontro.

 

-Libertad derruba Newell’s 3-1 e lidera seu Grupo-

O paraguaio Libertad conseguiu um valioso triunfo como visitante contra o argentino Newell’s Old Boys por 3-1, no duelo disputado na quinta-feira em Rosario (província de Santa Fe, centro-leste), e é o único líder do Grupo F.

Daniel Bocanegra (35), Adrián Martínez (55) e Antonio Bareiro (86) marcaram os gols para o contundente triunfo do time ‘Gumarelo’ dirigido pelo argentino Daniel Garnero. Maximiliano Rodríguez (90', de pênalti) descontou para o Newell’s do ‘Mono’ Germán Burgos, que terminou com 9 jogadores pelas expulsões de Manuel Capasso (83) e Pablo Pérez (90+2).

-Números do jogo-

  • Com este triunfo, Libertad vence seu segundo jogo como visitante contra rivais argentinos em 7 jogos na CONMEBOL Sudamericana (1E 4D)
  • Newell's ganhou só 1 dos últimos 7 encontros contra times paraguaios em competições CONMEBOL (3E 3D). O único triunfo foi sobre o Olimpia na Libertadores 2013 (3-1).
  • Primeira derrota do time rosarino em 5 partidas jogando como local na CONMEBOL Sudamericana (3V 2E). Além disso, recebeu mais gols do Libertad (3) que em todos os jogos anteriores em casa neste torneio (1).
  • Antonio Bareiro é o primeiro jogador do Libertad em marcar um gol e entregar uma assistência em uma partida da CONMEBOL Sudamericana. O atacante também realizou 4 finalizações (máximo do seu time) e teve 15 tentativas de passes no campo rival.
  • Primeiro encontro, desde que Germán Burgos assumiu a liderança do Newell's, que o time rosarino teve mais posse de bola que seu rival (54.8% x 45.2%), Desde a chegada do ex Atlético de Madrid, o 'Rojinegro' tem uma média de 43.1% de posse.

 

-Goianiense bate Palestino por 1-0 como visitante-

Com gol de Zé Roberto, o brasileiro Atlético Goianiense venceu o Palestino do Chile por 1-0 no duelo da segunda jornada do grupo F, disputado em Rancagua, a uns 90 quilômetros ao sul de Santiago.

O solitário gol de Zé Roberto no minuto 12 deu a vitória para os visitantes em um jogo muito movimentado com ataques nas áreas de ambos os times.

-Números do jogo-

  • Atlético Goianense venceu o primeiro jogo contra o Palestino em competições CONMEBOL. É a segunda vitória da equipe brasileira em 6 apresentações na Sudamericana (3E 1D).
  • Palestino apenas pôde celebrar em um dos últimos 5 jogos que disputou como local na CONMEBOL Sudamericana (1V 4D). Seu único triunfo foi sobre o Cobresal, na fase eliminatória ao certame deste ano (2-1).
  • Atlético Goianiense venceu seu primeiro encontro fora de casa na CONMEBOL Sudamericana. Tinha disputado duas partidas: um empate 1-1 x Figueirense e uma derrota 0-2 x Universidad Católica.
  • César Cortes, meio-campista do Palestino que foi o jogador com mais passes (114) e mais passes exitosos (95) no duelo. O jogador lidera ambos os indicadores na atual CONMEBOL Sudamericana: deu 359 e acertou 293.
  • As equipes brasileiras só perderam 1 dos últimos 15 encontros contra equipes chilenas na CONMEBOL Sudamericana (1V 6E 7D). O único triunfo transandino foi o do Unión la Calera sobre Mineiro na edição 2019 (1-0).

 

 

 

AFP/OPTA