Cree en grande.
CONMEBOL

Santos bate San Lorenzo e dá passo decisivo

Santos bate San Lorenzo e dá passo decisivo

Santos deu um passo decisivo para entrar na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores-2021 ao vencer o San Lorenzo por 3-1 nesta terça-feira como visitante, no jogo de ida da Fase 3 disputado no estádio Nuevo Gasómetro de Buenos Aires.

Lucas Braga (6), Marinho (45, de pênalti) e Angelo Borges (90+4) marcaram os gols do 'Peixe', atual vice-campeão da CONMEBOL Libertadores, que conseguiu um valioso triunfo para a revanche, enquanto o paraguaio Ángel Romero (71) descontou para o San Lorenzo.

A revanche será disputada na próxima terça-feira no estádio Mané Garrincha de Brasília, onde o Santos mudará a localidade por causa das restrições dispostas pela pandemia da covid-19 em São Paulo.

-Números do jogo-

  • Santos somente ganhou em quatro de suas primeiras 18 visitas a times argentinos em competições CONMEBOL. O mesmo número de vitórias que conseguiu em suas últimas cinco apresentações na Argentina: triunfo sobre Estudiantes na CONMEBOL Libertadores 2018 (1-0), sobre Defensa y Justicia na CONMEBOL Libertadores 2020 (2-1) e sobre San Lorenzo nesta edição (3-1).
  • San Lorenzo cortou uma racha de nove partidas invicto como local em competições CONMEBOL (8V 1E). A última equipe que ganhou dele jogando em casa foi o Emelec do Equador (agosto de 2017 em um jogo da CONMEBOL Libertadores). Além disso, o gol de Lucas Braga cortou a racha Azulgrená de cinco encontros sem receber gols jogando como local.
  • Com 16 anos, 3 meses e 16 dias, Ángelo (Santos) passou a ser o jogador mais jovem em marcar um gol na CONMEBOL Libertadores. O recorde era de Juan Carlos "Chango" Cárdenas que marcou seu primeiro gol com o Racing em 1962 com 16 anos, 7 meses e 2 dias. Foi no empate 2-2 com o Nacional do Uruguai no campo do Racing.
  • San Lorenzo não teve chutes a gol na primeira etapa, porém somou cinco disparos dessas características no complemento, incluindo o gol de Ángel Romero. Santos transformou em gol seus dois chutes a gol no primeiro tempo e somou outros seis (gol incluído) nos últimos 45 minutos.
  • Os brasileiros dominaram a posse de bola 59.5% a 40.5%, com maior predominância no primeiro tempo (63.9% a 41.1%). Só nos últimos 15 minutos de jogo San Lorenzo teve mais a pelota que seu rival (57.1% a 42.9%).

 

 

 

AFP/OPTA