NOTÍCIA DESTACADA

Disputas decisivas na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores
Disputas decisivas na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores
Substituição de árbitro para o jogo Palmeiras x Emelec
Substituição de árbitro para o jogo Palmeiras x Emelec
UEFA e CONMEBOL fomentam o Futebol Feminino na APF e FVF
UEFA e CONMEBOL fomentam o Futebol Feminino na APF e FVF

Defesa peruano Max Barrios diz “sentir-se mal” pelas acusações do Equador

max_barrios

O defesa peruano Max Barrios se encontra “mal e ferido” trás a denúncia da Federação Equatoriana de Futebol sobre sua suposta falsa identidade.

O defesa peruano Max Barrios se encontra  “mal e ferido” trás a denúncia da Federação Equatoriana de Futebol (FEF) sobre sua suposta falsa identidade e, consequentemente, por sua inclusão ilegal no Campeonato Sul-Americano Sub 20 que se disputa em Mendoza.

“O rapaz está mal e chateado pelo sucedido porém, a pedido da Federação (peruana de futebol) não estará nos próximos jogos”, afirmaram os colegas do jogador da delegação incaica para a agência AFP.

Peru disputa o hexagonal final que define quatro vagas para o Mundial de Turquia 2013, que terá lugar no próximo mês de junho.

Nesta quarta-feira, a equipe conduzida pelo argentino Daniel Ahmed deverá medir-se ante o Paraguai pela segunda data do certame classificatório.

“Faz dois anos que Max está jogando no Juan Aurich, e não foi trazido ao plantel por causa da disputa do torneio, pois há quase um ano faz parte da seleção”, acrescentaram os colegas da delegação peruana.

O plantel peruano está alojado num hotel cêntrico de Mendoza (centro-oeste) e, apesar de que a federação peruana tenha anunciado que iria  enviá-lo a Lima até a noite da quarta-feira, o jovem continuava na Argentina.

“O jogador está com toda a documentação regularizada. Tomou-se a decisão de que ele voltasse ao Peru para contribuir com a investigação”, disse Javier Quintana, secretário da FPF (Federação Peruana de Futebol), em declarações para a rádio Ovación de Lima.

Segundo a denúncia da FEF, o jogador Barrios é equatoriano, tem 25 anos e teria falsificado sua identidade.

De acordo com o Registro Nacional de Identidade Peruano (Reniec), o jogador nasceu em 15 de setembro de 1995 na província de Sullana.

A denúncia equatoriana indica que Barrios teria jogado no clube Liga de Loja até 2010 (quando estava na segunda divisão).

O jogador foi reconhecido por integrantes da equipe equatoriana durante a partida que ganharam 2-1 sobre os peruanos na quarta-feira passada em San Juan pelo Grupo B do torneio sul-americano.

Equador e Peru devem voltar a enfrentar-se na hexagonal final, na última jornada a disputar-se no próximo domingo 3 de fevereiro e que poderia abrir-lhes as portas ao Mundial, se os números ajudarem.

nike

Ultimas Noticias