NOTÍCIA DESTACADA

APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana

Tribunal de Disciplina sanciona São Paulo e Tigre

tigre

O Tribunal de Disciplina da Confederação Sul-Americana de Futebol, integrado pelos senhores Adrián Leiza, do Uruguai como vice-presidente, Alberto Lozada, da Bolívia e Orlando Morales da Colômbia, como membros, decidiu sancionar o São Paulo Futebol Clube, do Brasil e ao Clube Atlético Tigre, da Argentina a raíz dos incidentes ocorridos na partida final pela Copa Sul-Americana.

 

O Tribunal de Disciplina da Confederação Sul-Americana de Futebol, integrado pelos senhores Adrián Leiza, do Uruguai como vice-presidente, Alberto Lozada, da Bolívia e Orlando Morales da Colômbia, como membros, decidiu sancionar o São Paulo Futebol Clube, do Brasil e ao Clube Atlético Tigre, da Argentina a raíz dos incidentes ocorridos na partida final pela copa Sul-Americana.

Para o Tigre, a sanção econômica é de 100.000 dólares, quantia que será debitada automaticamente da soma a receber pelo clube por parte da Conmebol em conceito dos direitos de televisão ou patrocínio. Como segundo ponto da mesma resolução o TD confirmou o resultado de dita partida (2 a 0 a favor do São Paulo).

Por sua parte, o São Paulo foi sancionado com a inabilitação do estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi) por um encontro, devendo este clube disputar a sua partida contra o Atlético Mineiro no próximo dia 17 de abril, em um estádio distinto. Além disso, o clube paulista recebeu uma sanção econômica similar ao de seu rival, vale dizer 100.000 dólares que serão debitados da mesma maneira.

Contra estas decisões a cada clube lhe cabe o recurso ante a Câmara de Apelações da Conmebol no prazo de sete dias desde o seguinte à   notificação.

Conmebol.com

 

 

 

Womens Sunglasses

Ultimas Noticias