Cree en grande.
CONMEBOL

Sul-Americano Sub 17: Venezuela e Paraguai empatam e Argentina revive no Grupo B

Sul-Americano Sub 17: Venezuela e Paraguai empatam e Argentina revive no Grupo B

As seleções do Paraguai e Venezuela empataram 2-2 em intenso jogo. Enquanto Argentina recuperou a confiança e goleou Peru 3-0, pelo Grupo B do campeonato CONMEBOL Sul-Americano Sub 17, disputado nesta terça no Estádio El Fiscal de Talca.

Paraguai conseguiu um empate nos últimos minutos do cotejo ante seu similar da Venezuela por 2-2, que situa a ambos com 4 unidades, e atrás do Brasil (6) que se mantém sozinho na ponta no Grupo B, em pós da classificação ao Hexagonal Final.

A 'Albirrojita' abriu o placar graças a Antonio Galeano de pênalti aos 22 minutos mas a Venezuela parecia torcer sua sorte graças aos gols de Eduardo Ferreira (48) e Juan Carlos Hurtado (68). Aos 90+1, o paraguaio Nicolás Morinigo pôs o empate definitivo.

Em meio ao jogo rude apresentado por ambas as equipes, um pênalti cobrado pelo atacante Antonio Galeano pôs o 1-0. Logo no início da segunda parte, um passe arrastado desde a esquerda cruzou a área paraguaia, que foi recebido pelo venezuelano Eduardo Ferreira convertendo o empate, enquanto Juan Carlos Hurtado anotou o segundo que parecia definitivo.

Mas o guarani Nicolás Morinigo aproveitou uma saída do arqueiro venezuelano Carlos Olses, para marcar o definitivo empate.

No jogo de fundo, a seleção Argentina recuperou a memória no momento justo e venceu Peru por 3-0, deixando-o à margem da eliminação. Já a Albiceleste mantém viva suas chances de classificar ao somar seus primeiros três pontos, ainda que depende de alguns resultados.

O centroavante Facundo Colidio anotou dois gols aos 35 e 39 minutos, enquanto Agustín Ovando fez aos 58' o terceiro para Argentina.

Uma escapada pelo meio de campo propinou uma lúcida bolada entre as linhas defensivas peruanas que aproveitou Colidio para ficar frente o arqueiro rival e levantar a bola para anotar o primeiro do jogo. Quatro minutos depois, o próprio Colidio robou a bola o defesa peruano e mandou ao arco para anotar o segundo.

Na segunda etapa, a Albiceleste voltou a golpear com um incrível disparo de esquerda de Facundo Ovando, um dos melhores jogadores argentinos no torneio.

 

 

AFP / CONMEBOL.com