Cree en grande.
CONMEBOL

Sul-Americano Sub17: Reta final para a realização de um sonho mundial

Sul-Americano Sub17: Reta final para a realização de um sonho mundial

Nesta terça-feira 07 de março começa o Hexagonal Final do Campeonato CONMEBOL Sul-Americano Sub 17, que outorga quatro lugares para o Mundial da Índia. Três jogos eletrizantes abrirão a disputa: Equador-Colômbia, Chile-Venezuela e Brasil-Paraguai.

O sistema do Hexagonal Final consiste em todos contra todos, com acúmulo de pontos, onde os quatro melhores das seis seleções ganham o direito de participar da Copa do Mundo na sua categoria, a ser disputada em outubro na Índia.

A abertura será disputada entre o Equador e Colômbia, a partir das 17:45 (locais). Ambas derivam do Grupo A e se enfrentaram na Fase 1, saindo como vencedora por 2-1 a equipe cafetera.

O 'Minitri' terminou em terceiro lugar no grupo com 6 unidades, um ponto abaixo da Colômbia, que terminou em segundo. Os atletas dirigidos por Gonzalo Alcocer vem de uma derrota ante o anfitrião na última etapa do grupo, tudo indica que haverá protesta.

Enquanto isso, os colombianos também perderam na sua última partida 3-2 contra Bolívia 3-2, e buscarão a vitória para começar da melhor maneira o Hexagonal.

Estatísticas:

Colômbia x Equador

Disputaram 10 partidas

Colômbia ganhou 6 (16 gols), Equador 2 (8 tantos) e empataram 2

Disputaram na primeira etapa do Grupo A, vitória da Colômbia 2-1 (Barrero, Peñaloza – Rezabala)

Os dois empates do historial foram pelo mesmo resultado: 0-0 (Rodada final 2011 e Fase de grupos 2013)

As únicas vitórias do Ecuador foram: Rodada final 2005 (2-1) e Rodada final 2015 (2-1)

Primeira partida: Colômbia 1 – Equador 0 (Fase de grupos 1985)

Último encontro: Colômbia 2 – Equador 1 (Fase de grupos 2017)

No segundo turno se enfrentarão o anfitrião Chile contra Venezuela às 20:00 (local), que promete ser um jogo cheio de emoções. Os locais alcançaram o topo do Grupo A com 8 pontos, e chegam ao encontro com uma vitória 1-0 ante o Equador.

Por seu lado, a Vinotinto está realizando um grande futebol, resultado que já é visto na classificação ao Hexagonal com 7. Começar ganhando é fundamental para atingir a meta final, a Copa do Mundo.

Estatísticas

Chile x Venezuela

Disputaram 7 vezes

Ampla superioridade do Chile que nunca perdeu para a Venezuela. Quatro vitórias e três empates. Marcou 11 gols e recebeu 3

Nos quatro primeiros encontros do historial, Venezuela não anotou

A máxima goleada foi na fase de grupos 1988 por 4-0

Primeira partida: Chile 0 – Venezuela 0 (Fase de grupos 1985)

Último encontro: Chile 2 – Venezuela 1 (Fase de grupos 2011)

A primeira etapa será encerrada com Brasil e Paraguai a partir das 22:15 (locais). Um empate 1-1 foi o resultado do primeiro enfrentamento entre estas equipes pelo grupo B. A 'canarinha chega ao encontro depois de uma vitória no clássico sul-americano contra a Argentina 2-0 e quer validar o seu título de favorito, para isso necessita começar da melhor forma o Hexagonal.

Uma equipe sólida apresenta o DT paraguaio Gustavo Morinigo, e sem conhecer a derrota, finaliza em segundo no Grupo A, com 8 pontos, resultado de duas partidas ganhas e dois empates.

Estatísticas

Brasil x Paraguai

Disputaram 17 jogos

Brasil ganhou 10 (41 gols), Paraguai 2 (17 tantos) e empataram 5

Disputaram a atual edição. Foi pela zona B com empate 1-1 (Vinicius Junior – Sánchez de pênalti)

As vitórias do Paraguai foram: 3-2 (Fase de grupos 2005) e 2-1 (Fase de grupos 2011)

Somente em uma das 17 disputas o Brasil não marcou gols: 0-0 na rodada final 2001

A máxima goleada foi 5-0 em duas oportunidades: Rodada final 1997 e Final do Torneio 1999

Primeira disputa: Brasil 2 – Paraguai 0 (Fase de grupos 1988)

Último encontro: Brasil 1 – Paraguai 1 (Fase de grupos 2017)

'

Árbitros e Delegados

Calendario do Hexagonal Final (para descarregar no Arquivo Anexo)

 

 

CONMEBOL.com

Estatísticas: Eduardo Bolaños