NOTÍCIAS DESTACADA

Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores

Guerrero com todo um país ao seu lado

Um país inteiro está confiante aos pés do perigoso atacante Paolo Guerreo, referente e capitão da Seleção Peruana, que nesta quinta-feira irá por gols no arco argentino, no próprio Estádio La Bombonera, para inflamar a chama da ilusão do Mundial Rússia 2018, após 36 anos de ausência.

Guerreo, 33 anos, é a principal peça DT Ricardo Gareca para tentar derrotar a Argentina nesta quinta-feira, em busca da vitória. “Concentrado e preparado. É tudo pela Blanquiroja. Vamos Peru!”, escreveu o atacante do Flamengo em sua rede social, um ‘9’ acostumado à pressão de marcar.

O “Depredador” do gol peruano não conhece nenhum obstáculo quando se trata de encontrar o objetivo final, com estrutura física notável, o atacante tem um impressionante jogo de ficção e de cabecear, também poderoso tiro e sapiência em marcas de cobrança. Um jogador de luxo ao serviço da equipe Bicolor.

Apoiado por seu colega de ataque, Sergio Peña e seu fiel amigo Jefferson Farfán, Guerrero terá a prática acostumada a ser o único pivô, com o objetivo de espalhar a defesa rival e tomar seu temível tiro com a perna direita.

-A técnica de ‘Ñol’-

Nas práticas desta semana, o atacante aperfeiçoou sua técnica com o assistente técnico da equipe peruana, Nolberto ‘Ñol’ Solano, aquele que compartilhou com Diego Maradona em Boca Juniors e lembrado pelo terciopelo que possui no pé direito, que tantas tardes encantaram os fãs de Newcastle do futebol inglês.

O ‘Depredador’ tornou-se o dono das bolas paradas na seleção nacional peruana. O atacante do Flamengo é escolhido acima de Christian Cueva, Edison Flores, Yoshimar Yotún, entre outros jogadores de jogada requintada.

Este resultado é devido a horas de treinamento dedicadas a aperfeiçoar seu novo recurso de gol, nas mãos do melhor professor na ‘bicolor’, Nolberto ‘Ñol’ Solano.

-O sonho de todo um país-

Após 36 anos de não poder participar de uma reunião ecumênica, a equipe peruana enfrenta uma chance de voltar a entrar em um campeonato mundial. A ilusão de toda a nação peruana foi sentida na partida e chegada do esquadrão a Buenos Aires, onde centenas de fãs deixaram sua mensagem de encorajamento e esperança.

¡Gracias a los hinchas por su recibimiento! pic.twitter.com/lxeQmKyKve

— Selección Peruana (@SeleccionPeru) 5 de octubre de 2017

“Estamos perto de entrar ao Mundial, por isso não vamos deixar a oportunidade escapar”, declarou o volante Sergio Peña (Granada da Espanha) aos jornalistas.

O atacante Jefferson Farfán (Lokomotiv da Rússia), o defesa Miguel Trauco (Flamengo do Brasil) e o meio-campo Edison Flores (Aalborg da Dinamarca) serão as peças principais do time peruano.

“Nós vamos jogar com muita tranquilade. É um sonho que estamos preparados para conseguir”, afirmou o jogador Bicolor, Paolo Hurtado.

O Peru, que não pisa em uma Copa do Mundo desde a Espanha-1982, tem 24 pontos e está em quarto lugar, na zona de classificação direta. Por enquanto, na área de repesca é seguido pela Argentina, com a mesma pontuação, mas com pior resultado de metas.

Da mesma forma, a Seleção Inca irá pelo seu ingresso ao Mundial Rússia 2018 no dia 10 de outubro, quando receberá a Colômbia em Lima, na última rodada do Pré-Mundial.

 

 

 

 

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias